LetrasModernidade

Lulo

Sem traduções disponíveisSem traduções disponíveis
Estas letras estão à espera de revisão
Se encontrou erros, por favor ajude-nos corrigindo-os.

Quando foi quando éramos intactos Projectos imaturos Fomos modernos

Nos couberam ternos, gravatas e moldura Cultura e inferno. Fossemos eternos quando era primeiro Primeiro e certeiro amor Era indolor querer tudo Íamos na vida cada fome a cada fama. Nos couberam ternos, gravatas e moldura Cultura e inferno Quando foi quando éramos intactos Projectos imaturos Fomos modernos. Fossemos eternos quando era primeiro Primeiro e certeiro amor Era indolor querer tudo Íamos na vida cada fome a cada fama. E a grama era verde O nosso vale e os nossos 1000 metros de medo Intactos, projectos imaturos e modernos Cultura e inferno Fossemos eternos Gravatas e moldura, ternos Que nos couberam. Fossemos eternos quando era primeiro Primeiro e certeiro amor Era indolor querer tudo Íamos na vida cada fome a cada fama. E a grama era verde O nosso vale e os nossos 1000 metros de medo. E a grama era verde Nosso vale e os nossos medos. E a grama era verde O nosso vale e os nossos 1000 metros de medo

Sem traduções disponíveisSem traduções disponíveis
  • 2

Últimas atividades

Sincronizada porSoani Sumariva

O Musixmatch para Spotify e
iTunes está agora disponível para
o seu computador

Descarregar agora