LetrasMenina Rica

Allen Halloween

Última atualização em: 24 de janeiro de 2021
Sem traduções disponíveisSem traduções disponíveis
Detetamos alguns problemas
Lino Benguela sugeriu alterações a esta letra.

Terminal, Motherfucker vida má vida louca gira o flá gira á toa Assim não dá assim é foda baby vai vou me embora ver o mundo que tá lá fora Baby acorda X2 Não sou homem para ti cachopa . Miúda sempre quis outro futuro para ti Olha à tua volta nunca serás Feliz aqui tu não sabes quem criou o ghetto foram nazis homens de clarinho branco um bando de verdadeiros G′s. Comeram um mambo Comer até à raiz e encheram um banco Com a miséria de um país Eu vou rodar Eu vou rodar daqui, se eu me orientar eu vou voltar para ti. O cota segue, não mandes os putos pó colégio . Prisão para putos nunca foi remédio À traumas que perseguem o escuro até ao túmulo do cemitério filho de preto na mão do estado é um brinquedo. As vezes crescer fechado no ghetto pode ser pior o diabo que ta no preto é ghetto é algo que corre? Problemas meu senhor cria os filhos com amor eles serão homens de valor? Dilla cuidado com essa menina Meninas de fio dental vêm ao mundo todos os dias será que esperam por nos quando a coisa complica será que vão onde fores quando fores my nigga E se é menina pa curtir não é menina para casar deixa o tempo decidir deixa o vento soprar deixa o barco andar.

Sem traduções disponíveisSem traduções disponíveis
  • 14

Últimas atividades

Sincronizada porCirilo Frank

One place, for music creators.

Get early access