LyricsEu Sou Favela

Pineapple StormTv & Miliano

Last update on: November 6, 2020
No translations availableNo translations available

Ô fé (Hey)

VK (fé em Deus) Ó Deus, abençoe esse povo que mora no topo do mundo E toda família que acorda bem cedo e desce para trabalhar É que eu moro no alto do morro, é que eu sou favela É que eu moro no topo do morro, é que eu sou favela Ôh-ôh, oôh Becos e vielas ainda gritam paz Yeah, yeah, yeah Ah, foi no alto do morro, a vista lá de cima vale ouro Ouro, nosso lugar, nosso tesouro Ouro brilha e pode até ser valioso Mas não brilha tanto quanto o sorriso do nosso povo Ei, se a favela vive, eu já não morro Ahn, nosso lugar, nosso tesouro Ahn, pode pá, que o bonde tá enjoado É só cabelo disfarçado e o bigode do Zorro É a pipa, o cerol, é lazer, futebol Os menor correndo na pracinha No alto do morro, no topo do mundo São sonhos e sonhos em meio às casinha Lá no alto do morro até vi uma princesa Que muito em breve vai ser minha rainha Daí entendi que dane-se a riqueza Se a felicidade já for minha vizinha Nóis segue aprendendo com os tapas da vida Naquele pique, Negão da BL Redefinindo com rima e batida O que um dia disseram da cor da minha pele Essa desigualdade que tanto nos fere Nascemos no topo e nos querem no fundo Mas hoje o menor, filho da Rosimere Vem gritar: do Morro do Quadro pro mundo É pela Dona Inês, que acorda às três Pelo pão nosso que vem cada dia Pelo Seu José, que anda a pé Pra trabalhar naquela portaria E é pelo João, que escolheu dizer não Se o crime chamava e seduzia E por cada MC que não quis desistir Quando tudo era frio em uma praça vazia Foi no alto do morro Lá onde a dificuldade não tira o sorriso do rosto, yah-aah Por cada degrau dessa escada Mais um que se foi por nada Meus pés no chão mesmo tão perto do céu Por isso eu não paro por nada, e te peço Ó Deus, abençoe esse povo que mora no topo do mundo E toda família que acorda bem cedo e desce para trabalhar É que eu moro no alto do morro, é que eu sou favela É que eu moro no topo do morro, é que eu sou favela Ôh-ôh, oôh Becos e vielas ainda gritam paz Yeah, yeah, yeah (ô fé) Quantos amigo nóis perdeu pro crime? Várias história repetida Menor de 13, 14, 15 ano Tão novo, perdendo sua vida Ó Deus (ó Deus) Quero que eles entenda que o crime é ilusão (ilusão) O foda é quando infelizmente Alguns só tiveram essa opção E cresceu sem mãe, não teve pai (sem mãe) Tá na vida errada, o cão pra trás, ah Antes de você querer julgar (julgar) Peço que tu pare pra pensar (pensar) Só garoto novo (garoto novo) Cria do morro (cria do morro) Que vem vários anos Passando sufoco E as criança da minha favela (minha favela) É a esperança que habita em mim (que habita em mim) Quero poder dar uma chance pra elas Senão cê sabe qual será o fim (fé em Deus!) Ó Deus, abençoe esse povo que mora no topo do mundo E toda família que acorda bem cedo e desce para trabalhar É que eu moro no alto do morro, é que eu sou favela É que eu moro no topo do morro, é que eu sou favela Ôh-ôh, oôh Becos e vielas ainda gritam paz Yeah, yeah, yeah

No translations availableNo translations available
  • 0

Last activities

Synced byLucas Andrade

Musixmatch for Spotify and
Apple Music is now available for
your computer

Download now