ParolesYouth

Allen Halloween

Dernière mise à jour le: 21 juillet 2017
We detected some issues
Alexandre Gomes suggested changes to these lyrics.

Meu nome é Allen, meu nome é A, meu nome é Homem Eu sou o filho mais rebelde da minha mãe Hoje a minha alma se despede da street life Levanta o copo, brinda e bebe e nigga goodbye Nunca mais, eu nunca mais, voltarei aqui Ya rapaz, já nada faz sentido para mim Jhá mostrou-me o meu caminho eu vou até ao fim Depois de tudo que eu vi, eu entendi Que o mesmo nigga que me teme é o mesmo que me trama Eu sei que muitos Faggot Ass querem me ver na lama Querem-me ver na cana, outros querem a minha fama Cobras e ratazanas se juntaram pa me fazer a cama Brothers vão andar em vão, atrás de mim irmão Arranjar um beef sem razão porque niggas querem ser, eu não Eu sou, you know. Os meus rapazes, são os rapazes de Youth Nós íamos a mil lugares, andávamos sempre juntos Eu vou andar, vou ver do meu futuro, mas se eu não voltar Não me julgues puto, eu tou a correr no mundo Há uma montanha pa subir nigga vem tentar Não tenhas medo de cair nem medo de falhar Porque falhar é ficar a olhar, sentado no bairro parado A procurar um culpado por não teres tentado Há um mundo pa descobrir que fica do outro lado Anda brotha vem comigo buscar o teu pedaço Ou fica por aí.Com o teu ódio nigga... Até vir outro G... E levar a tua vida... Baby Babylú quem és tu? Vai tomar no cú Namoras esses putos até prende-los e vê-los na kuzu Nunca quiseste os velhos criminosos que governam o mundo Sempre a correr atrás do mesmo preto pobre vagabundo Deus me livre do jugo da mulher de lingerie azul Provoca niggas na rua até fuder mais um Cabra mãe do Xuxo, larga os meus putos Na tua cama eu não durmo, eu juro

  • 1

Dernières activités

Synchronisées parWilson Von G

Musixmatch pour Spotify et
iTunes sont désormais disponible pour
votre ordinateur

Télécharger maintenant