LetraBalada do Desajeitado

Dama feat. Salvador Seixas

Última actualización realizada el: 22 de julio de 2017
No hay traducciones disponiblesNo hay traducciones disponibles
Esta letra está pendiente de revisión
If you found mistakes, please help us by correcting them.

Eu não sei o que é te hei de dar Nem te sei inventar frases bonitas Mas aprendi uma ontem

só que já me esqueci Então, olha, só te quero a ti Sei de alguém, por demais envergonhado Que por ser desajeitado, nunca foi capaz de falar Só que hoje vê o tempo que perdeu Sabes que esse alguém sou eu e agora vou te contar Sabes lá o que é que eu tenho passado Estou sempre a fazer-te sinais, tu não me tens ligado E aqui estou eu a ver o tempo passar A ver se chega o tempo, o tempo de te falar Eu não sei o que é te hei de dar Nem te sei inventar frases bonitas Mas aprendi uma ontem, só que já me esqueci Então, olha, só te quero a ti Podes crer, que à noite o sono é ligeiro Fico à espera o dia inteiro para poder desabafar Mas como sempre chega a hora da verdade E falta-me à vontade, acabo por me calar Falta-me o jeito, ponho-me a escrever e rasgo Cada vez a tremer mais e às vezes até me engasgo Nada a fazer, e é por isso que eu te conto Que é tarde para não dizer Digo como sei e pronto Eu não sei o que é te hei de dar Nem te sei inventar frases bonitas Mas aprendi uma ontem, só que já me esqueci Então, olha, só te quero a ti Eu não sei o que é te hei de dar Nem te sei inventar frases bonitas Mas aprendi uma ontem, só que já me esqueci Então, olha, só te quero a ti Eu não sei o que é te hei de dar Nem te sei inventar frases bonitas Mas aprendi uma ontem, só que já me esqueci Então, olha, só te quero a ti

No hay traducciones disponiblesNo hay traducciones disponibles
  • 0

Últimas actividades

Sincronizada porMiguel Esteves

Musixmatch para Spotify y
iTunes ya está disponible para
tu computadora

Descargar ahora