SongtexteMMXX

Síntese

Letzte Aktualisierung am: 27. April 2020
#together against coronavirus

Lutando no apocalipse Chinelo e meia e iPhone na mão, hã Espera até o próximo eclipse

Posso prever sua próxima expressão É o filme de horror Hora do martelo A queda do rei A saga é cega Um dia por vez Leão no quintal Ganhando esse céu É a chuva de fél, fei Tô ciente o nome é transição Não cabe mais crise Mudança de tempo Sinto o cheiro da nova estação E da destruição Que vem vindo com o vento Avisaram há eras Fogo nas velas Todos nas celas Inferno discreto Reprova na prova Só cava sua cova Comendo dinheiro e plantando concreto Final é profético... No quadro geral até memo pro cético É o planeta dobrando a esquina É o senso chegando maléfico A guerra é invisível e ninguém tá isento São valores mudando de acentos Não tem mais fuga nem fingimento É o bicho surtando nos seus aposentos Não há nada no cais Sem carnavais, chuvas de raios na hora da missa Sua vida perfeita não existe mais mais Sua roupa cara ninguém mais cobiça É o chamado selvagem Desde a origem Sobrevivência que vai ditar O quanto pesou o egoísmo na história Então chora e espera a violência chegar Quero ter olhos pra ver o que tá vindo A natureza pegar pra capar Vai na sacada gritar o que cê pensa Na espera de outro messias salvar Posta outro meme pra gripe acabar Disseram transcende o leão de judah Toma as rédeas da própria existência Ou vai ver só corpo de probre empilhar Hahahaha Conforto traz culpaDormir é fácil, então vo me coçar Universo não aceita desculpa O tal livre arbítrio é coisa séria pra lidar, hã Nós cômodos da mente cabem muita gente Esvazie pra reabitar Pra TV todas morte é igualEntão quero ver ter coragem mostrar Tudo já mudou, vai desmoronar Canto pros firme saber levantar Reconstruir o que entende por povo Por chão, pelo fogo, por água e por ar A terra é herança, segue na dança Sai dessa trança, lança a semente A sorte do sábio, olhar da criança Sopro divino pras alma que sente Eu sou o agora Eu sou a história Examinando a própria consciência Com paz e ciência nessa detenção O que me detém são Minha essência Venta da sul apontando pro norte Pra testar sua fé te arrancaram a sorte Viver de paixão é delírio Viver compaixão é pros fortes AMEM

  • 0

Letzte Aktivitäten

Synchronisiert vonHerlandson Alves Moreira

Musixmatch ist jetzt für
deinen Computer für Spotify
und Apple Music verfügbar

Jetzt herunterladen