SongtexteAs Portas que Abril abriu

José Carlos Ary dos Santos

Letzte Aktualisierung am: 14. April 2021
We detected some issues
If you found mistakes, please help us by correcting them.

Era uma vez um país Onde entre o mar e a guerra Vivia o mais infeliz

Dos povos à beira-terra. (...) Era uma vez um país De tal maneira explorado Pelos consórcios fabris Pelo mando acumulado Pelas ideias nazis Pelo dinheiro estragado Pelo dobrar da cerviz Pelo trabalho amarrado Que até hoje já se diz Que nos tempo do passado Se chamava esse país Portugal suicidado. (...) Foi então que Abril abriu As portas da claridade E a nossa gente invadiu A sua própria cidade. Disse a primeira palavra Na madrugada serena Um poeta que cantava O povo é quem mais ordena. (...) Foi esta força viril De antes de quebrar que torcer Que em vinte e cinco de Abril Fez Portugal renascer. E em Lisboa capital Dos novos mestres de Aviz O povo de Portugal Deu o poder a quem quis.

  • 0

Letzte Aktivitäten

Musixmatch ist jetzt für
deinen Computer für Spotify
und Apple Music verfügbar

Jetzt herunterladen